A Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), voltada para proteção biocultural da Amazônia e dos povos que nela residem. Sua missão é construir com os Povos da Floresta políticas e ações que garantam o equilíbrio socioambiental.

Fundada em 2002, a Ecam foi reconhecida como Oscip em 2003. A instituição tem equipes multidisciplinares com ampla experiência na implementação de projetos e processos com comunidades locais nas áreas de gestão territorial integrada e de manejo de recursos naturais, combinando o conhecimento local com a ciência e tecnologia para soluções práticas e com possibilidade de escala.

As preocupações que movem o trabalho da Ecam estão centradas em projetos de valorização do conhecimento local e a conservação ambiental. Para a Ecam, a conservação do meio ambiente não ocorre apenas pelo combate a queimadas, extração ilegal de madeira ou mesmo caça e pesca predatória. O seu trabalho está voltado no fortalecimento das comunidades e atores locais, profundos conhecedores dos desafios e soluções pra região da Amazônia. Por seus resultados, a resposta oferecida pela Ecam, desde 2002, serve de parâmetro para ações dentro e fora do país, quando o assunto é conservação ambiental.

Para isso a Ecam apoia as comunidades tradicionais e, em parceria com elas, capacita-as para que tenham instrumentos de conservação e proteção do meio ambiente. Colocar toda esta estratégia de conservação em campo significa, antes de tudo, entender que o meio ambiente e a biodiversidade são conservados por meio da ação das comunidades que nele vivem.