22/06/2020

Por Fernanda Costa

Saiba as ações que a Ecam está realizando durante a pandemia

Saiba as ações que a Ecam está realizando durante a pandemia

Já são mais de três meses respeitando medidas de distanciamento social devido a pandemia de Covid-19. E por conta disso, a Ecam e seus parceiros seguem apoiando comunidades indígenas e quilombolas que vêm enfrentando diversas dificuldades.

As ações são realizadas por meio de uma rede de colaboração formada por mais de 20 atores locais e instituições parceiras, unidos por um só propósito: apoiar o maior número de famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade, seja por falta de renda, infraestrutura e, ou, materiais de prevenção.

Com essa rede de apoio, mais de 60 Territórios e Comunidades Quilombolas e Indígenas, de 6 estados brasileiros, já foram atendidos, mais de 5.000 cestas básicas e kits de higiene entregues, mais de 1.400 máscaras produzidas, além do apoio em outras necessidades urgentes.

No entanto, sabemos que muitas famílias ainda precisam ser atendidas. Por isso, convidamos você também a participar dessa corrente de solidariedade e apoiar as vakinhas on-lines criadas por comunidades e associações comunitárias. Saiba como contribuir aqui.

As entregas foram realizadas para comunidades indígenas e quilombolas, de acordo com as demandas de cada uma delas. Conheça os municípios:

Amapá – Macapá, Calçoene. Nesses municípios, foram distribuídas  100 cestas básicas e kits de higiene.

Mato Grosso – Em Canarana foram entregues mais de 30 cestas básicas, entre outros itens.

Espírito Santo – Em São Mateus foram distribuídos 150 itens de apoio.

Pará – Belém, Abaetetuba, Moju, Barcarena, Acarám, Calha Norte (Oriximiná), Paragominas, Alenquer. Ao todo, foram entregues mais de 2.000 cestas básicas e kits de higiene, complemento para 2.000 cestas, apoio na confecção de mais de 1.400 máscaras, entre outras ações.

Pernambuco – Em Águas Belas foram distribuídos 200 itens de apoio.

Rondônia – Porto Velho, Costa Marques, São Francisco do Guaporé, São Miguel do Guaporé, Alta Floresta, Pimenteiras do Oeste. Para esses municípios, foram entregues mais 400 cestas básicas e kits e higiene.

Obs: Cada município pode ter mais de um território e de uma comunidade tradicional. Além disso, os dados apresentados correspondem até o dia 22 de junho de 2020.

Conheça os nossos parceiros:

Para essas ações, a Ecam conta com o apoio da Arqmo, CONAQ, AMRQC, Malungu, Zane Kag, Kanindé, Associação Flores, ADOR, Projetos mão que ajudam, CGPH, APIM, Reciclaração Orixi, Semma, Acorque, ACOMTAGS, Coopaflora, Aconquipal, Programa Territórios Sustentáveis, Imaflora (Origens Brasil), Instituto Peabiru, Secretaria Municipal de Assistência, Rainforest Fund, entre outros que têm sido grandes parceiros nas ações emergenciais para essas famílias.

Em formato on-line, Conaq e Ecam realizam mais uma etapa do programa Compartilhando Mundos

Em formato on-line, Conaq e Ecam realizam mais uma etapa do...

Por meio dos programas Novas tecnologias e Povos Tradicionais e Compartilhando Mundos 107 quilombos de seis Estados da Amazônia realizaram uma...

Campanha apoia mais de 200 famílias de comunidades quilombolas do Pará durante a pandemia

Campanha apoia mais de 200 famílias de comunidades...

Organizada pela MALUNGU, com apoio institucional de ECAM e Instituto Peabiru campanha viabilizou mais de duzentas doações através de financiamento...

Maps show the vulnerability of traditional communities in the Amazon in the face of the COVID-19 pandemic

Maps show the vulnerability of traditional communities in...

In addition to the immense challenges already known about territorial recognition and protection of territories, Indigenous and Quilombola people are...

Ecam divulga análise sobre situação de comunidades tradicionais diante da pandemia

Ecam divulga análise sobre situação de comunidades...

Povos indígenas e quilombolas enfrentam novos desafios durante a pandemia do novo coronavírus. Diante desse cenário, a Ecam realizou um estudo para...