27/05/2019

Por Ecam

Associativismo e Cooperativismo foram tema de oficinas para organizações sociais em de Terra Santa, Faro e Oriximiná

Associativismo e Cooperativismo foram tema de oficinas para organizações sociais em de Terra Santa, Faro e Oriximiná
As oficinas abordaram as diferenças entre o associativismo e o cooperativismo e visam a gestão eficiente das classes representativas.
Visando fortalecer as boas práticas de gestão das Organizações Sociais e Conselhos foi realizado nos municípios de Terra Santa, Faro e Oriximiná a Oficina “Organizações Não Governamentais, conhecendo o 3º setor. Associativismo e Cooperativismo”. As oficinas foram realizadas no período de 22 a 25 de maio para representantes de organizações sociais e cooperativas dos três municípios e fazem parte das ações do Programa Territórios Sustentáveis, a oficina foi desenvolvida no eixo Capital Social pela Equipe de Conservação da Amazônia com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte (MRN) e Agencia dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).
De acordo com o consultor da ECAM, Carlos Régis Araújo Pereira, a capacitação buscou contextualizar o conceito básico sobre Associativismo e Cooperativismo para que as organizações. “Associativismo é toda entidade sem fins lucrativos formada por um grupo de pessoas ou classe que busca interesses e objetivos comuns como cultura, saúde, infraestrutura, esporte enquanto que o Cooperativismo é toda entidade sem fins lucrativos, mas com finalidade econômica formada por um grupo de pessoas ou classe que possuem os mesmos direitos e buscam o mesmo objetivo como produtores rurais, agricultores, artesãos”, conceituou o Carlos Régis.
Durante a Oficina foram trabalhados os temas: Conhecendo o setor da Economia; principais diferenças entre associação e cooperativa; modelos e cronogramas e características e funções do gestor, temas importantes para quem busca atuar no setor. “A oficina sobre o associativismo e cooperativismo é importante para o aprimoramento dos serviços prestados por essas instituições ou entidades aos seus associados e cooperados por meio de uma gestão eficiente e eficaz”, finalizou.
Quer saber mais sobre o Programa Territórios Sustentáveis, acesse o site www.territoriossustentaveis.org.br ou as redes sociais no Facebook, Twitter e Instagram ou App.
Por: Martha Costa
Território Alto Trombetas I participa de prestação de contas dos recursos do Mecanismo Financeiro

Território Alto Trombetas I participa de prestação de...

Na relação dos bens e serviços adquiridos para as comunidades estão: equipamentos para energia solar, grupo gerador, lancha, kit multimídia para...

Comunidades quilombolas do Amapá receberão oficina de análise de dados

Comunidades quilombolas do Amapá receberão oficina de...

Nos dias 20, 21 e 22 de agosto, comunidades quilombolas participarão da oficina de análise de dados socioeconômicos e mapeamento, na comunidade...

Pecuaristas de Oriximiná participam de intercâmbio em Santarém

Pecuaristas de Oriximiná participam de intercâmbio em...

Dar ênfase às boas práticas da pecuária sustentável, este foi o objetivo da palestra ministrada em Santarém, dentro da programação da 42ª...

Programa de Estágio Quilombola amplia ações e seleciona equipe para trabalho voluntário

Programa de Estágio Quilombola amplia ações e seleciona...

A primeira seleção de voluntários para o Estágio Quilombola foi realizada com sucesso no dia 1 de agosto. O Programa de Estágio Quilombola surgiu...