02/05/2019

Por Ecam

Ecam contrata profissional para o desenvolvimento de portal online para a CONAQ

A Equipe de Conservação da Amazônia e a Coordenação Nacional das Comunidades Negras Rurais Quilombolas iniciaram diálogo, em 2015, na ocasião de capacitação realizada em Porto Velho (RO), no âmbito do Programa Novas Tecnologias e Povos Tradicionais, que foi acompanhada por instituições públicas e organizações não governamentais. Esta capacitação ensejou a discussão de uma estratégia de apoio aos povos indígenas, comunidades quilombolas e pequenos produtores para dar visibilidade às suas demandas a partir do levantamento de informações sobre seus territórios, resultando na aprovação do projeto “Povos indígenas e outros atores chaves para melhor proteger seus territórios e recursos naturais”, financiado pela Agência dos Estados Unidos para a cooperação internacional – USAID, em 2016.

Diversas reuniões foram realizadas com a CONAQ para organizar a agenda das atividades, o envolvimento com as organizações quilombolas nos Estados e os usos das informações. Em agosto de 2017, a CONAQ e a ECAM formalizaram Acordo de Cooperação para promoção das atividades de capacitação e a assessoria técnica, visando possibilitar o melhor uso e adaptação das tecnologias às suas necessidades. Desde então, as atividades do projeto estão sendo executadas estando na fase das capacitações para algumas comunidades quilombolas indicadas pela CONAQ localizadas, a saber, nos estados de Maranhão, Tocantins, Mato Grosso, Amapá, Pará e Rondônia.

Em 2017 foram realizadas capacitações das ferramentas Google Earth e Open Data Kit (ODK)1, levantamento socioeconômico (a partir de formulário construído pela CONAQ) e mapeamento, em comunidades quilombolas no Estado do Maranhão, Tocantins e Mato Grosso.
Em 2018 o projeto entra em seu segundo ano, de um total de quatro. Até a presente data já foram realizadas a validação e análise das informações levantadas; discussão de estratégias iniciais de uso das informações; e início do procedimento de consentimento prévio livre informado relativo à construção de Plano de Vida das comunidades do Maranhão indicadas pela CONAQ.

O plano de trabalho (2018) prevê, em linhas gerais, as ações a seguir expostas: oficinas nas comunidades quilombolas; acompanhamento junto às comunidades (nas quais foram realizadas oficinas) do processo de uso das ferramentas; apoio à construção do portal da CONAQ para o recebimento dos dados e divulgação de conteúdos; e desenvolvimento de ações sob a ótica do fortalecimento institucional da CONAQ. As ações foram planejadas de acordo com o projeto aprovado pela USAID e enfoques estratégicos da CONAQ, a saber: o fortalecimento da Comunicação institucional externa e interna e formação de base nas comunidades.

Saiba mais no edital: 20190502 TERMO DE REFERÊNCIA PARA O DESENVOLVIMENTO DO PORTAL CONAQ

Cadeia da Pecuária será tema de estudo e dois profissionais avançam para segunda etapa do processo seletivo

Cadeia da Pecuária será tema de estudo e dois...

As inscrições foram abertas no dia 08 de abril com publicações nos sites www.territoriossustentaveis.org.br e da Ecam. Desde o dia 08 de abril,...

Resultado da seleção de estágio para o Programa Territórios Sustentáveis

Resultado da seleção de estágio para o Programa...

Em atendimento ao edital de seleção de estágio para o Programa Territórios Sustentáveis, prorrogado em 18/04/19, informamos que para a segunda...

Ecam contrata profissional para realizar estudo no projeto da Pecuária Sustentável

Ecam contrata profissional para realizar estudo no projeto...

Ecam cabre processo seletivo para contratar profissional que realizará estudo da cadeia da pecuária regional no Projeto Pecuária Sustentável em...

Ecam prorroga edital de estágio do Programa Territórios Sustentáveis

Ecam prorroga edital de estágio do Programa Territórios...

Ecam prorroga edital de seleção de estágio do Programa Territórios Sustentáveis. Confira as novas datas no edital – 20190418 1148 Edital...