03/04/2019

Por Ecam

Educomunicação retoma atividades nos municípios de Oriximiná, Terra Santa e Faro

Educomunicação retoma atividades nos municípios de Oriximiná, Terra Santa e Faro

As oficinas têm como principal objetivo democratizar o uso das ferramentas da comunicação possibilitando o empoderamento e engajamento de jovens nas rotinas de sindicatos, associações, entidades representativas e grupos organizados.

Falar sobre o uso das ferramentas da comunicação e como elas podem ser nossas aliadas em diversos aspectos, bem como seus riscos foi o desafio lançado pelos jovens quilombolas do município de Oriximiná e posteriormente , Terra Santa e Faro ao Programa Territórios Sustentáveis nos eixos Quilombola e Capital Social desenvolvidos pela Equipe de Conservação da Amazônia – Ecam, com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte (MRN) e Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid).

As atividades iniciaram em 2018, após a realização de um diagnóstico participativo e colaborativo desenvolvido pelo Eixo Quilombola com jovens dos oito territórios remanescentes dos quilombos de Oriximiná que deram início ao projeto YouTube Quilombola com a produção de vídeos que retratam a realidade das suas comunidades.“Nossa proposta foi ouvir os jovens para então a partir das expectativas deles pensarmos colaborativamente as atividades que atendessem suas demandas, surgindo as capacitações em Educomunicação no eixo quilombola, ampliando-se posteriormente para o eixo Capital Social atendendo jovens de Oriximiná, Terra Santa e Faro”, recordou o coordenador da Ecam Edwilson Pordeus.

 

O projeto da Educomunicação buscou pensar em cada tema e como poderiam ser trabalhados a ponto de despertar o interesse dos jovens, ao todo mais de 200 jovens participaram das oficinas de Roteiro abordando os diferentes tipos de mídias, produção, gravação e edição de vídeos em dispositivos móveis, criação de páginas na internet, redes e mídias sociais e assessoria em mídias sociais. “Nós fomos desafiados pelos jovens quilombolas com essa proposta de oficina e enquanto equipe iniciamos o planejamento das ações ampliando para o eixo Capital Social. A primeira turma foi estimada para 20 jovens e tivemos a participação de 45 jovens, isso nos mostrou que o projeto era realmente de interesse deles”, enfatizou Martha Costa, responsável técnica pelo projeto.

Com os jovens quilombolas o projeto cresceu e todos os meses juntamente a Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos de Oriximiná (Arqmo) são realizados encontros de Educomunicação, com jovens de Boa Vista Trombetas, Abuí, Nova Esperança, Jarauacá, Jauary, Cachoeira Porteira e Ariramba. “Eu acredito que a Educomunicação é realmente uma ferramenta de empoderamento para os povos e envolver os jovens neste diálogo é pensar no fortalecimento das associações, sindicatos, conselhos e classes representativas e potencializar novas lideranças. Nós ampliamos o projeto, com isso atraímos novos parceiros dentro dos municípios como os Cras, os Centros de Convivência e outras parcerias. Nós estamos cada vez mais confiantes e construindo junto aos jovens esse projeto que é muito mais deles que nosso”, ressaltou Vasco Van Roosmalen, presidente da Ecam.

Na primeira quinzena de abril as atividades do eixo Capital Social reiniciam nos três municípios, Oriximiná, Terra Santa e Faro e abordarão o marketing digital por meio dos influenciadores digitais, “Digital Influencer”, que são profissionais de alto impacto que conquistam seguidores e fãs, por meio da produção de conteúdo nas mídias sociais (Instagram, Facebook, YouTube) e blog para fins da informação podendo abranger os aspectos culturais, entretenimento ou consumo.

Quer saber mais, acompanhe o Programa Territórios Sustentáveis no site www.territoriossustentaveis.org.br ou nas redes sociais Territórios Sustentáveis no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e App.

Texto: Martha Costa

Território Alto Trombetas I participa de prestação de contas dos recursos do Mecanismo Financeiro

Território Alto Trombetas I participa de prestação de...

Na relação dos bens e serviços adquiridos para as comunidades estão: equipamentos para energia solar, grupo gerador, lancha, kit multimídia para...

Comunidades quilombolas do Amapá receberão oficina de análise de dados

Comunidades quilombolas do Amapá receberão oficina de...

Nos dias 20, 21 e 22 de agosto, comunidades quilombolas participarão da oficina de análise de dados socioeconômicos e mapeamento, na comunidade...

Pecuaristas de Oriximiná participam de intercâmbio em Santarém

Pecuaristas de Oriximiná participam de intercâmbio em...

Dar ênfase às boas práticas da pecuária sustentável, este foi o objetivo da palestra ministrada em Santarém, dentro da programação da 42ª...

Programa de Estágio Quilombola amplia ações e seleciona equipe para trabalho voluntário

Programa de Estágio Quilombola amplia ações e seleciona...

A primeira seleção de voluntários para o Estágio Quilombola foi realizada com sucesso no dia 1 de agosto. O Programa de Estágio Quilombola surgiu...