17/01/2019

Por Ecam

Festa do Marmelo reforça tradição do povo quilombola Mesquita

Festa do Marmelo reforça tradição do povo quilombola Mesquita

No último domingo, cerca de 60 kg de marmelada foram distribuídas para os visitantes

Desde 2002, já é tradição a comunidade do Quilombo Mesquita, onde vive a quinta geração de remanescentes quilombolas, movimentar a Cidade Ocidental (GO), durante a colheita do Marmelo. Localizado a 50 km de Brasília, a comunidade com mais 270 anos, mantém o costume de seus ancestrais, assim como a produção do fruto e o doce feito dele. E, neste ano, cerca de 800 pessoas participaram da Festa do Marmelo na Igreja Nossa Senhora D’Abadia, padroeira do quilombo.

Herdada de pai para filho, é comum encontrar pés do fruto nos quintais da comunidade. Além disso, o doce feito no quilombo já chegou até na Itália, em 2012, pelas mãos do seu João Pereira, de 72 anos.

“Aqui, nós começamos bem jovens. Com 15 anos, eu já plantava e fazia o doce, aprendi com meu avô e com meu pai.  Hoje, meus filhos, filhas, sobrinhos e netos, todos, têm um dedinho na produção da nossa marmelada. Só na nossa família já são 150 anos de história”, lembra o produtor.

Como tudo começou

A princípio, a 1ª edição da festa tinha o intuito de arrecadar dinheiro para a construção da igreja Nossa Senhora D’Abadia. Porém, eles mantiveram o costume e, atualmente, a festa acontece todo mês de janeiro, quando há a colheita do fruto.

Além disso, todo dinheiro arrecadado no evento com: o leilão, os doces e a comida é destinado para a capela. Segundo Célia, uma das organizadoras do evento e filha de seu João, produtor, a ideia é transformar a igreja em um santuário.

“É uma festa que fala da nossa cultura, do nosso povo, do nosso marmelo – que tem mais de 150 anos de tradição -. Ela trouxe muita visibilidade para o nosso quilombo. E deu tão certo que chegamos na 17ª edição”, orgulha-se.

O QUILOMBO SE ESTUDA: OFICINA DE ANÁLISE DE DADOS SÓCIOECONÔMICOS E DE MAPEAMENTO SERÁ OFERTADA PARA QUILOMBOLAS DA RESEX QUILOMBO DO FRECHAL DO MARANHÃO

O QUILOMBO SE ESTUDA: OFICINA DE ANÁLISE DE DADOS...

Jovens e lideranças da Resex Quilombo do Frechal do Maranhão receberão entre os dias 22 a 24 de fevereiro (sexta a domingo) uma oficina de...

Criadores de gado em Oriximiná comemoram sucesso do Pecuária Sustentável na Prática

Criadores de gado em Oriximiná comemoram sucesso do...

Produzir respeitando a natureza e assimilando novas técnicas de manejo sustentável, este tem sido o desafio de 14 pecuaristas no município de...

Ecam e IEPA promovem aprimoramento das metodologias de pesquisa em Arqueologia por meio de capacitação em geotecnologias

Ecam e IEPA promovem aprimoramento das metodologias de...

Com uso de ferramentas tecnológicas e metodologias específicas a cooperação entre as instituições contribui para o avanço de  importantes...

Inclusão Digital: Cinco escolas quilombolas de Oriximiná passam a ter sistema de internet via satélite

Inclusão Digital: Cinco escolas quilombolas de Oriximiná...

O projeto “Inclusão Digital” nas escolas quilombolas é uma iniciativa do Programa Territórios Sustentáveis por meio da Equipe de Conservação...