18/10/2018

Por Ecam

ECAM contrata profissional ou empresa especializada em análise de dados.

ECAM contrata profissional ou empresa especializada em análise de dados.

ECAM contrata profissional ou empresa com expertise e experiência comprovada em análise e sistematização de dados, bem como experiência em realização de oficinas formativas.
O objetivo do trabalho é realizar a análise e sistematização dos dados socioeconômicos coletados a partir de

formulário de pesquisa construído pela Coordenação Nacional das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ) e aplicado por jovens quilombolas em comunidades nos estados Maranhão, Tocantins, Mato Grosso, Amapá, Pará e Rondônia, assim como realizar oficinas de análise de dados em cada um dos estados citados e apoiar a CONAQ na significação e sistematização das informações gerais para estratégias de divulgação.
O prazo para envio da documentação é no dia 31/10/2018.
Mais informações no edital (clique para fazer o download).

Manual dá diretrizes para comunidades aplicarem recursos por meio de Fundos Comunitários

Manual dá diretrizes para comunidades aplicarem recursos...

Verba é destinada para execução das ações estabelecidas nos Planos de Gestão das comunidades Aqueles que promovem o desenvolvimento regional e...

ECAM e Humana contratam Gerente de Projetos

ECAM e Humana contratam Gerente de Projetos

Idealizada a partir de uma aliança entre atores do terceiro setor e de novos modelos empresariais, Ecam e Humana, a Iniciativa propõe um modelo...

Conaq e PCN promovem encontro para tratar de ações em favor de comunidades afrodescendentes brasileiras e colombianas

Conaq e PCN promovem encontro para tratar de ações em...

A Coordenação Nacional de Comunidades Negras Rurais e Quilombolas (Conaq) e o Processo de Comunidades Negras da Colômbia (PCN) reuniram órgãos do...

Oficinas de dados e estatísticas de comunidades quilombolas terão continuidade em 2019

Oficinas de dados e estatísticas de comunidades quilombolas...

O projeto apresentou os dados que estão sendo levantados pelas comunidades em seis estados da Amazônia. O próximo passo é apoiar na análise...