17/11/2017

Por Ecam

Inscrições abertas para 2º Curso Guarda-Parque

Inscrições abertas para 2º Curso Guarda-Parque

O Curso Guarda-Parque: Intercâmbio de Experiências para a Gestão Territorial está chegando na sua segunda edição. Inovador, o curso foi pensado em um novo formato e pretende promover a troca de experiências para a Gestão Territorial.

Este curso é voltado para gestores de Unidades de Conservação e guarda-parques já formados, todos com experiência de atuação em ações de conservação. Acreditamos que a ação integrada de atores locais é a fundamental pra a efetividades das iniciativas de conservação.

Fique atento:

As inscrições estão abertas até o dia 30 de novembro de 2017;

O curso ocorrerá de 08 a 16 de dezembro de 2017;

Para mais informações, acesse o Edital.

Saiba mais sobre o projeto Capacitar para Conservar

O Amapá tem 71% de território ocupado por áreas protegidas. Essas áreas incluem Terras Indígenas, Parques Nacionais, Reservas Extrativas, Florestas Nacionais, entre outros. De diferentes formas, cada uma colabora para a conservação dos biomas do estado.

Hoje, a gestão dessas áreas enfrenta diversos desafios. Um deles é a inclusão das comunidades da região nas discussões que buscam por modelos socialmente responsáveis e ecologicamente sustentáveis. Isso é fundamental, já que a existência de áreas protegidas não deve ser entendida como um entrave ao desenvolvimento econômico. Ao contrario, elas estão associadas a outro tipo de desenvolvimento, que faz uso da floresta ao mesmo tempo em que a conserva.

Para colaborar com esse desafio, a Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Universidade Federal do Amapá (Unifap), a Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Amapá (Sema – AP) e a Associação de Guarda-Parques do Amapá (AGPA) desenvolvem o projeto Capacitar para Conservar, cujo objetivo é aprimorar a gestão de Unidades de Conservação por meio da capacitação de guarda-parques e gestores. Essas ações têm o apoio do Fundo Amazônia, gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Pelo projeto já foram realizados quatro cursos de Formação de Guarda-Parques. Além disso, mais dois estão previstos para realização até 2017. Também está prevista a realização de dois Cursos Guarda-Parques, em um novo formato, para avançar nesta experiência de formação e promover a troca de experiências para a Gestão Territorial. Estes cursos serão voltados para gestores de UCs e guarda-parques já formados, todos com experiência de atuação na área.

 

O QUILOMBO SE ESTUDA: OFICINA DE ANÁLISE DE DADOS SÓCIOECONÔMICOS E DE MAPEAMENTO SERÁ OFERTADA PARA QUILOMBOLAS DA RESEX QUILOMBO DO FRECHAL DO MARANHÃO

O QUILOMBO SE ESTUDA: OFICINA DE ANÁLISE DE DADOS...

Jovens e lideranças da Resex Quilombo do Frechal do Maranhão receberão entre os dias 22 a 24 de fevereiro (sexta a domingo) uma oficina de...

Criadores de gado em Oriximiná comemoram sucesso do Pecuária Sustentável na Prática

Criadores de gado em Oriximiná comemoram sucesso do...

Produzir respeitando a natureza e assimilando novas técnicas de manejo sustentável, este tem sido o desafio de 14 pecuaristas no município de...

Ecam e IEPA promovem aprimoramento das metodologias de pesquisa em Arqueologia por meio de capacitação em geotecnologias

Ecam e IEPA promovem aprimoramento das metodologias de...

Com uso de ferramentas tecnológicas e metodologias específicas a cooperação entre as instituições contribui para o avanço de  importantes...

Inclusão Digital: Cinco escolas quilombolas de Oriximiná passam a ter sistema de internet via satélite

Inclusão Digital: Cinco escolas quilombolas de Oriximiná...

O projeto “Inclusão Digital” nas escolas quilombolas é uma iniciativa do Programa Territórios Sustentáveis por meio da Equipe de Conservação...