28/10/2017

Por Ecam

Programa Novas Tecnologias realiza capacitação em Cametá, PA

Programa Novas Tecnologias realiza capacitação em Cametá, PA

O laboratório de informática do Instituto Federal do Pará em Cametá recebeu uma atividade diferente nos dias 26 e 27 de outubro: a Capacitação em ODK. Agricultores, representantes de associações de cooperativas e estudantes participaram do evento, que foi realizado pela Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam), pelo Google Earth Outreach e pela Natura.  Essas ações são parte do Programa Novas Tecnologias e Povos Tradicionais, que conta o apoio financeiro da USAID.

A oficina discutiu o uso do conjunto de ferramentas do Open Data Kit, o ODK, e também apresentou aos cursistas a ferramenta Google Terra.  Amanda Raiana da Silva Santos faz parte da Rede Jirau e participou da capacitação. Ela atua na Rede Jirau, prestando assessoria para agricultores. Pensando sobre o potencial do ODK, Amanda lembra que “a participação nesse curso, sobre tecnologias para serem aplicadas na agricultura familiar, surge como uma oportunidade de otimizar o nosso trabalho. Tanto o trabalho das associações, das cooperativas, quanto o trabalho do agricultor familiar. O agricultor pode se empoderar dessa ferramenta e melhor gerir o seu estabelecimento agrícola. Para ele ter uma visão real do que ele tem e como ele pode gerenciar isso melhor”.

Cláudio Silva de Souza veio de Abaetetuba para participar também. Ele é um dos diretores da Ucodep, uma organização local que desenvolve projetos em parceria com a população local. “A gente teve o conhecimento desse curso através da Associação Unidade e Cooperação para o Desenvolvimento dos Povos (Apacc). Nós trabalhamos junto com eles. O objetivo nosso agora, em parceria com a Apacc, é escrever novos projetos, para darmos continuidade ao nosso trabalho na região. Fazer com que a agricultura familiar se expanda mais.  Eu acho muito interessante porque não vai beneficiar só a mim, mas também o pessoal de onde a gente mora. Agradeço a oportunidade de estar aqui participando”, afirma Cláudio.

O Programa Novas Tecnologias e Povos Tradicionais

Desde 2007 o Programa Novas Tecnologias e Povos Tradicionais vem apoiando povos indígenas, quilombolas e pequenos produtores nas práticas relacionadas ao uso sustentável de seus territórios. Para ampliar o potencial dessa iniciativa, acaba de ser aprovado o projeto Comunidades indígenas e outros Atores Relevantes Melhor Protegem seus Territórios e Outros Recursos Naturais. O projeto terá quatro anos. Teremos oficinas para compartilhar conhecimentos sobre o Google Earth e o ODK e assessoria técnica no uso das ferramentas. O projeto é possível graças ao apoio generoso do povo americano, por meio da USAID. A Ecam realizará o projeto, com a parceria do Google Earth Solidário. Também são parceiros a Natura e o Imaflora.

 

ECAM contrata profissional ou empresa especializada em análise de dados.

ECAM contrata profissional ou empresa especializada em...

ECAM contrata profissional ou empresa com expertise e experiência comprovada em análise e sistematização de dados, bem como experiência em...

Em busca de direitos, quilombolas se preparam para vestibular especial

Em busca de direitos, quilombolas se preparam para...

A iniciativa do cursinho preparatório quilombola surgiu em 2015 de forma voluntária e hoje faz parte do processo institucional da Ufopa. No final do...

[BLOG] Tecnologia como ferramenta de resistência, por Meline Machado

[BLOG] Tecnologia como ferramenta de resistência, por...

É comum ouvirmos perguntas como: “índio usa roupa?”, “tem celular?”, “é verdade que os índios têm carro?” E por aí vai… Sim...

Mídias, Redes Sociais e Fake News são debatidos com jovens de Faro, Terra Santa e Oriximiná

Mídias, Redes Sociais e Fake News são debatidos com jovens...

As oficinas fazem parte das atividades de Educomunicação do Programa Territórios Sustentáveis, executadas pela Equipe de Conservação da...