20/08/2019

Por Fernanda Costa

Território Alto Trombetas I participa de prestação de contas dos recursos do Mecanismo Financeiro

Território Alto Trombetas I participa de prestação de contas dos recursos do Mecanismo Financeiro

Na relação dos bens e serviços adquiridos para as comunidades estão: equipamentos para energia solar, grupo gerador, lancha, kit multimídia para a associação, entre outros.

Moradores das comunidades quilombolas de Mãe Cué, Sagrado Coração de Jesus, Tapagem, Santo Antônio do Abui, Paraná do Abuí e Abuí, no Território Alto Trombetas I, estiveram reunidos nesta semana para participarem da reunião de prestação de contas dos recursos pertinentes ao Mecanismo Financeiro. A reunião foi realizada na comunidade de Tapagem e teve como principal objetivo promover a transparência no processo de aquisição de produtos e serviços adquiridos pelas lideranças locais para benefício das comunidades.

A gestão compartilhada dos recursos referente ao Mecanismo Financeiro está sob a responsabilidade da Fundação de Tecnologia Florestal e Geoprocessamento – Funtec, que entre outras atribuições realiza a prestação de contas de todo o recurso financeiro investido nas comunidades. O processo para aquisição dos bens e serviços elencados pelas comunidades, por meio do Conselho Deliberativo, embora pareça simples é composto por várias etapas que inclui ata de demanda da comunidade para deliberação do conselho, aprovação das comunidades, cotação de preços, qualidade do produto e tempo de entrega.

Na relação dos bens e serviços adquiridos para as comunidades estão: equipamentos para energia solar, grupo gerador, lancha, kit multimídia para associação entre outros. Durante a prestação de contas foram apresentados, por meio de relatórios financeiros (detalhado e resumido) as lista de lançamentos e despesas, cópia dos comprovantes de despesas e das licitações/contratações efetuadas, bem como extrato bancário atualizado.

O Mecanismo Financeiro faz parte das ações do eixo Quilombola, que visa promover o fortalecimento institucional das associações quilombolas do município de Oriximiná. O Eixo Quilombola é desenvolvido pela Equipe de Conservação da Amazônia dentro do Programa Territórios Sustentáveis, uma iniciativa que busca contribuir para o desenvolvimento de uma estratégia sustentável nos municípios de Oriximiná, Terra Santa e Faro.

O Programa Territórios Sustentáveis é uma iniciativa da Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) com apoio financeiro da Mineração Rio Norte (MRN) e Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid).

Por Martha Costa

Sharing Word: programa de inclusão tecnológica chega à reta final com mais de 600 quilombolas capacitados

Sharing Word: programa de inclusão tecnológica chega à...

São esperados 90 jovens na última oficina do programa Na próxima sexta (6/12), acontece no Pará, a última atividade do programa Sharing Worlds...

Comunidades quilombolas de Rondônia validam e complementam dados do questionário socioeconômico junto ao Programa Compartilhando Mundos

Comunidades quilombolas de Rondônia validam e complementam...

Representantes das comunidades Santo Antônio do Guaporé, Pedras Negras e Santa Cruz e Forte Príncipe da Beira validaram os dados socioeconômicos e...

Amazônia é destaque durante debates no Dia da Consciência Negra em Oriximiná.

Amazônia é destaque durante debates no Dia da Consciência...

A programação teve início às 8h30min e até a madrugada do dia 21 de outubro as apresentações culturais ecoaram em Oriximiná. Os moradores dos...

Pecuaristas de Oriximiná celebram bons resultados em Dia de Campo

Pecuaristas de Oriximiná celebram bons resultados em Dia de...

O projeto piloto teve início em 2017 com 14 pecuaristas criadores de gado de corte e leite. Quatorze criadores de gado de corte e leite do município...