16/10/2019

Por Fernanda Costa

Território Área Alto Trombetas I realiza validação do Plano de Gestão Territorial

Território Área Alto Trombetas I realiza validação do Plano de Gestão Territorial

Ainda em processo de titulação de parte das suas terras, em sobreposição na Reserva Biológica do Trombetas (Rebio) e da Floresta Nacional Saracá-Taquera, o territorial quilombola Mãe Domingas – Área Alto Trombetas I, no município de Oriximiná, região da Calha Norte do Pará, realizou nos dias 12 e 13 de outubro uma assembleia para validação do Plano de Vida e início da implementação do Fundo Quilombola. A assembleia faz parte das ações do Programa Territórios Sustentáveis, dentro do eixo Quilombola desenvolvido pela Equipe de Conservação da Amazônia – Ecam com a parceria da Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Município de Oriximiná (Arqmo) e associações dos territórios.

Durante a assembleia foram realizadas a validação do Plano de Vida, documento construído colaborativamente pelos povos de Mãe Domingas – Área Alto Trombetas I, representados pelos moradores das comunidades Mãe Cué, Sagrado Coração de Jesus, Tapagem, Paraná do Abuí, Santo Antônio do Abuizinho e Abuí, que abordou os temas Cultura, Educação, Fortalecimento Institucional, Habitação, Geração de Renda, Meio Ambiente e Saúde que terão duração de cinco anos e revisão a cada dois anos, e também o início do processo de implementação do Fundo Quilombola. “Eu penso no território e em fortalecer a associação para que no futuro tenhamos uma melhor qualidade de vida para gente e para as futuras gerações e, para que estejamos preparados e empoderados para defender o nosso território”, ressaltou Adriene Silveira dos Santos, coordenadora da Associação Mãe Domingas, Área Alto Trombetas I.

De acordo com o conselheiro da Arqmo, Rogério Pereira, a validação do Plano de Vida é uma etapa importante para consolidação do plano de gestão dos territórios quilombolas de Oriximiná. “A gente vem acompanhando o processo de validação do Plano de Vida nos territórios Cachoeira Porteira, Ariramba, Água Fria e Boa Vista Trombetas, agora em Alto Trombetas I para garantir a participação dos comunitários nas demandas que tratam cada tema. Ainda falta a gente validar Área Trombetas, lá são sete comunidades e Erepecuru, com 12 comunidades e por fim o Plano de Vida da Arqmo que fecha esse ciclo de validação, para então trabalharmos a próxima etapa, que é a implementação do Fundo em todos os territórios”, enfatizou Rogério.

A construção do Plano de Vida e do Fundo Quilombola fazem parte das ações do Programa Territórios Sustentáveis, uma iniciativa de gestão integrada entre Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) com apoio da Mineração Rio do Norte (MRN) e Agencia dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid).

Quer saber mais sobre o Programa Territórios Sustentáveis acesse o site wwww.territoriossustentaveis.org.br

Por Martha Costa

Ecam participa das celebrações do 278º Aniversário do Quilombo Mesquita

Ecam participa das celebrações do 278º Aniversário do...

Localidade é uma das comunidades quilombolas mais antigas do Brasil. A Ecam teve a honra e a alegria de participar como apoiadora nos dias 18 e 19 de...

Ecam recebe Prêmio Geo for Good 2023 do Google Earthoutreach por projeto de Carbono Social

Ecam recebe Prêmio Geo for Good 2023 do Google...

Reconhecimento destaca impacto positivo da organização em projetos geoespaciais. Estamos felizes em compartilhar que a Ecam foi reconhecida como uma...

Estágio: Oportunidade imperdível para futuros jornalistas e comunicadores!

Estágio: Oportunidade imperdível para futuros jornalistas...

A Conaq, em parceria com a Ecam, está abrindo vagas de estágio para estudantes de Jornalismo ou áreas afins (1 vaga para designer gráfico e 1 vaga...

Oficina de Comunicação e Engajamento Empodera Comunidades Quilombolas e Defensores de Direitos Humanos

Oficina de Comunicação e Engajamento Empodera Comunidades...

Em um esforço para fortalecer a voz das comunidades quilombolas e dos defensores de direitos humanos, a Ecam realizou no final do mês de março a...