14/11/2018

Por Ecam

União de forças no setor privado para o desenvolvimento sustentável na Amazônia

União de forças no setor privado para o desenvolvimento sustentável na Amazônia

Os desafios e oportunidades para a ação empresarial em prol do desenvolvimento sustentável na Amazônia formaram o mote que reuniu em Belém, na quinta-feira (8), empreendimentos de diversos segmentos no primeiro encontro da Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) no Pará.

Reconhecendo a relevância do setor privado na geração de impacto positivo nas temáticas de sustentabilidade e conservação da biodiversidade, a iniciativa, apoiada pela USAID, Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional, tem como propósito congregar ações na construção de soluções inovadoras para o desenvolvimento sustentável da Amazônia. O encontro inicial da plataforma foi sediado pela Hydro, e organizado pela Coordenação Executiva da plataforma no Pará – composta pelo Instituto Peabiru e pela ECAM – Equipe de Conservação da Amazônia.

A Plataforma (PPA), que iniciou sua atuação em 2017 no Amazonas, apresentou importantes resultados neste primeiro ano no estado, com a atuação de um comitê gestor composto por 11 empresas, e sob a coordenação executiva do IDESAM. O primeiro encontro no Pará contou com a participação de mais de 15 empresas como Cargil, Hydro, Imerys e Natura, e associações empresariais, a exemplo de Abrapalma e Simineral. Com a nova frente paraense, a PPA amplia sua atuação na Amazônia, potencializando relacionamentos e parcerias entre os membros em prol de temáticas de relevo para a região. Anna Toness, Diretora de Meio ambiente da USAID no Brasil, ressaltou o caráter colaborativo da iniciativa, que tem como objetivo congregar esforços facilitando a cooperação entre diferentes segmentos do setor privado. Entre os objetivos da PPA estão catalisar investimentos sociais e ambientais na região amazônica e compartilhar boas práticas em conservação ambiental.

Na ocasião, o grupo discutiu temáticas para atuação conjunta, em campos como empreendedorismo comunitário, conservação e promoção de cadeias de valor nos territórios amazônicos, que serão aprofundadas em suas próximas atividades.

Expectativas e próximos passos: Lançamento da PPA Pará

O grupo de trabalho formado pelo setor privado no Pará recebeu com entusiasmo a proposta de uma plataforma conjunta para sustentabilidade. Priscila Matta, Gerente de Sustentabilidade da Natura, destacou a importância de estabelecer agendas de diálogo que ajudem a promover propósitos comuns. De acordo com João Meirelles, Diretor do Instituto Peabiru, a PPA é uma oportunidade de avançar uma agenda efetiva que concilie interesses de comunidades, territórios e empresas, alinhada com as políticas públicas para Amazônia. Com um encontro inicial promissor, a Plataforma Parceiros pela Amazônia no Pará se prepara agora para a formação de seu comitê gestor e contará com evento de lançamento, em Belém, previsto para o primeiro semestre de 2019.

Comunicação PPA

O QUILOMBO SE ESTUDA: OFICINA DE ANÁLISE DE DADOS SÓCIOECONÔMICOS E DE MAPEAMENTO SERÁ OFERTADA PARA QUILOMBOLAS DA RESEX QUILOMBO DO FRECHAL DO MARANHÃO

O QUILOMBO SE ESTUDA: OFICINA DE ANÁLISE DE DADOS...

Jovens e lideranças da Resex Quilombo do Frechal do Maranhão receberão entre os dias 22 a 24 de fevereiro (sexta a domingo) uma oficina de...

Criadores de gado em Oriximiná comemoram sucesso do Pecuária Sustentável na Prática

Criadores de gado em Oriximiná comemoram sucesso do...

Produzir respeitando a natureza e assimilando novas técnicas de manejo sustentável, este tem sido o desafio de 14 pecuaristas no município de...

Ecam e IEPA promovem aprimoramento das metodologias de pesquisa em Arqueologia por meio de capacitação em geotecnologias

Ecam e IEPA promovem aprimoramento das metodologias de...

Com uso de ferramentas tecnológicas e metodologias específicas a cooperação entre as instituições contribui para o avanço de  importantes...

Inclusão Digital: Cinco escolas quilombolas de Oriximiná passam a ter sistema de internet via satélite

Inclusão Digital: Cinco escolas quilombolas de Oriximiná...

O projeto “Inclusão Digital” nas escolas quilombolas é uma iniciativa do Programa Territórios Sustentáveis por meio da Equipe de Conservação...