28/10/2017

Por Ecam

Programa Novas Tecnologias realiza capacitação em Cametá, PA

Programa Novas Tecnologias realiza capacitação em Cametá, PA

O laboratório de informática do Instituto Federal do Pará em Cametá recebeu uma atividade diferente nos dias 26 e 27 de outubro: a Capacitação em ODK. Agricultores, representantes de associações de cooperativas e estudantes participaram do evento, que foi realizado pela Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam), pelo Google Earth Outreach e pela Natura.  Essas ações são parte do Programa Novas Tecnologias e Povos Tradicionais, que conta o apoio financeiro da USAID.

A oficina discutiu o uso do conjunto de ferramentas do Open Data Kit, o ODK, e também apresentou aos cursistas a ferramenta Google Terra.  Amanda Raiana da Silva Santos faz parte da Rede Jirau e participou da capacitação. Ela atua na Rede Jirau, prestando assessoria para agricultores. Pensando sobre o potencial do ODK, Amanda lembra que “a participação nesse curso, sobre tecnologias para serem aplicadas na agricultura familiar, surge como uma oportunidade de otimizar o nosso trabalho. Tanto o trabalho das associações, das cooperativas, quanto o trabalho do agricultor familiar. O agricultor pode se empoderar dessa ferramenta e melhor gerir o seu estabelecimento agrícola. Para ele ter uma visão real do que ele tem e como ele pode gerenciar isso melhor”.

Cláudio Silva de Souza veio de Abaetetuba para participar também. Ele é um dos diretores da Ucodep, uma organização local que desenvolve projetos em parceria com a população local. “A gente teve o conhecimento desse curso através da Associação Unidade e Cooperação para o Desenvolvimento dos Povos (Apacc). Nós trabalhamos junto com eles. O objetivo nosso agora, em parceria com a Apacc, é escrever novos projetos, para darmos continuidade ao nosso trabalho na região. Fazer com que a agricultura familiar se expanda mais.  Eu acho muito interessante porque não vai beneficiar só a mim, mas também o pessoal de onde a gente mora. Agradeço a oportunidade de estar aqui participando”, afirma Cláudio.

O Programa Novas Tecnologias e Povos Tradicionais

Desde 2007 o Programa Novas Tecnologias e Povos Tradicionais vem apoiando povos indígenas, quilombolas e pequenos produtores nas práticas relacionadas ao uso sustentável de seus territórios. Para ampliar o potencial dessa iniciativa, acaba de ser aprovado o projeto Comunidades indígenas e outros Atores Relevantes Melhor Protegem seus Territórios e Outros Recursos Naturais. O projeto terá quatro anos. Teremos oficinas para compartilhar conhecimentos sobre o Google Earth e o ODK e assessoria técnica no uso das ferramentas. O projeto é possível graças ao apoio generoso do povo americano, por meio da USAID. A Ecam realizará o projeto, com a parceria do Google Earth Solidário. Também são parceiros a Natura e o Imaflora.

 

Programa Territórios Sustentáveis lança Anuário que apresenta resultados de ações desenvolvidas na Calha Norte

Programa Territórios Sustentáveis lança Anuário que...

O Programa Territórios Sustentáveis lançou no dia 04 de setembro seu primeiro Anuário, a publicação denominada Anuário 2017 traz registro de...

Jovens quilombolas de Rondônia são os mais novos capacitados para utilizarem as ferramentas da Google para conhecer seus territórios

Jovens quilombolas de Rondônia são os mais novos...

Entre os dias 31 de agosto a 02 de setembro, jovens quilombolas do estado de Rondônia estiveram reunidos na Comunidade Quilombola Santo Antônio do...

[BLOG] Vozes da Amazônia, por Muryel Arantes

[BLOG] Vozes da Amazônia, por Muryel Arantes

O Brasil é um país construído sobre a fragmentação de Povos, um território cuja soberania nacional repousa em pedaços de África trazidos para...

No Dia da Amazônia, conheça o trabalho da Ecam

No Dia da Amazônia, conheça o trabalho da Ecam

Entidade inova ao pensar a Amazônia além das matas e há 15 anos trabalha dando voz aos povos tradicionais da floresta Para a Equipe de...