13/03/2020

Por Fernanda Costa

Jovens quilombolas de Oriximiná produzem conteúdo audiovisual alusivo ao Dia da Mulher

Jovens quilombolas de Oriximiná produzem conteúdo audiovisual alusivo ao Dia da Mulher

A iniciativa faz parte das oficinas Capacita Jovem Quilombola em ferramentas da comunicação desenvolvidas pela Arqmo em parceria com o Programa Territórios Sustentáveis

Um grupo de aproximadamente 10 jovens de diversos territórios quilombolas do município de Oriximiná estão contando histórias de uma forma bem dinâmica, as ferramentas, um aparelho celular e muita criatividade para realizar as mais variadas produções audiovisuais. Ajusta a imagem, busca o melhor ângulo, cuidado com a iluminação. Produz, cria projeto, edita, reedita, exporta, essas etapas fazem parte da vida dos jovens que no dia 07 de março, sábado, foram a campo acompanhar a programação alusiva ao Dia da Mulher.

A programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher foi uma realização da Arqmo (Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Município de Oriximiná) em parceria com o Grupo Dandaras e a Associação Área Trombetas (Acorqat) que teve como tema “Ser mulher negra e quilombola é sinônimo de força e resistência”. Para os jovens o desafio, retratar a atividade, mostrar seu protagonismo, gerar possibilidades a partir das vivências dentro dos territórios quilombolas do município de Oriximiná.

O trabalho desenvolvido junto aos jovens quilombolas do município de Oriximiná surgiu a partir do diagnóstico participativo da Arqmo, que identificou que o jovem tem interesse e busca conhecer mais as ferramentas digitais. “A gente tem um desafio muito grande com os jovens que é trabalhar a comunicação, o uso destas ferramentas com os recursos que eles possuem. A gente sabe o poder das redes sociais e como elas mudam a realidade das pessoas e a ideia é essa, trabalhar o fortalecimento das associações e também a possibilidade do empreendedorismo, da geração de renda para os jovens a partir da produção audiovisual, da fotografia, das redes sociais”, frisou o coordenador do PTS Edwilson Pordeus.

Durante a programação alusiva ao Dia da Mulher os jovens produziram conteúdos sobre empoderamento feminino quilombola e contaram como foi a programação debateu temas relacionados ao cotidiano das mulheres quilombolas como saúde, direito, empoderamento feminino além das palestras teve muita interação e dinâmicas, brincadeiras que buscaram valorizar a beleza da mulher quilombola, além de serviços ofertados pelo CRAS Ribeirinho.

O Programa Territórios Sustentáveis é uma iniciativa integrada entre Agenda Pública, Ecam, Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), Mineração Rio do Norte (MRN) e Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) que busca contribuir com o desenvolvimento territorial dos municípios de Faro, Terra Santa e Oriximiná.

Por Martha Costa

Programa Compartilhando Mundos: uma metodologia participativa

Programa Compartilhando Mundos: uma metodologia...

Nos últimos anos, o Programa Compartilhando Mundos realizou oficinas de análise de dados e mapeamentos em seis Estados da Amazônia Legal,...

Saiba como apoiar as comunidades tradicionais durante a pandemia

Saiba como apoiar as comunidades tradicionais durante a...

As comunidades e os povos tradicionais constituem, aproximadamente, 5 milhões de brasileiros, que, tradicionalmente, utilizam os recursos naturais...

Auxílio Emergencial: quem tem direito e como acessar

Auxílio Emergencial: quem tem direito e como acessar

Há pouco mais de um mês, o Governo Federal começou a liberar a primeira parcela do auxílio emergencial para os trabalhadores afetados pela...

Comunidades Quilombolas de Rondônia recebem apoio durante a pandemia

Comunidades Quilombolas de Rondônia recebem apoio durante a...

A Equipe de Conservação da Amazônia (ECAM) e a Associação De Defesa Etnoambiental Kanindé, a partir do pedido das comunidades quilombolas de...