21/12/2015

Por Ecam

Reunião articula organizações civis em Rondônia

Reunião articula organizações civis em Rondônia

No dia 16 de dezembro, Porto Velho já entrou um pouco mais no clima das eleições de 2016. Um grupo se reuniu para começar uma articulação que visa às eleições municipais do próximo ano. O convite para participação foi estendido a todas as organizações da sociedade civil. Essa é uma iniciativa do Programa Cidades Sustentáveis (PCS), em parceria com a Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam). E esta parceria é uma consequência das reuniões da Rede de Capacitação da Amazônia (Recam).

Na reunião, primeiramente foi apresentado o PCS, sua plataforma de indicadores e o trabalho que já é realizado. O PCS possui 284 cidades signatárias no Brasil, sendo que Porto Velho é a única cidade signatária de Rondônia. Stéphanie Birrer, consultora da Ecam, acrescenta que “ainda precisamos de mais apoio das organizações que estão na Amazônia, para que haja o funcionamento do programa”.

Focando nas eleições municipais do próximo ano, o intuito do grupo é traçar com os candidatos compromissos para a agenda socioambiental. “O interessante deste programa é o tempo em que ele atua, antes do resultado final das eleições. Depois, com um candidato eleito, essa mesma sociedade civil que pegou compromissos no início pode fazer o monitoramento, para confirmar se essas metas estão sendo cumpridas ou não”, aponta Stéphanie.

A reunião contou com a participação de representantes das seguintes organizações: Associação de Defesa Etnoambiental (Kanindé), Ecoporé, Centro de Estudos Rioterra, Raiz Nativa, Núcleo de Extensão em Desenvolvimento Territorial (Nedet) do Território Rural Rio Machado, Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), Universidade Federal de Rondônia (Unir), Cooperativa de Trabalho Agro-Ambiental de Rondônia (Cootraron), e Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam). Os participantes optaram por realizar a próxima reunião em fevereiro, visando o envolvimento de mais setores, como Ministério Público e Tribunal de Contas.

CAPACITAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO FORTALECE TERRITÓRIOS QUILOMBOLAS

CAPACITAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO FORTALECE...

A troca de experiências entre os participantes fortalece o protagonismo das comunidades e consolida a comunicação como um instrumento de luta....

Agricultores de Paulo Frontin conhecem iniciativa que unifica agricultura com produção de carbono

Agricultores de Paulo Frontin conhecem iniciativa que...

Uma roda de conversa direcionada a apresentação dos resultados de viabilidade econômica sobre o pagamento por serviços ambientais para os Sistemas...

Comunidades Quilombolas do Amapá se unem para discutir Projeto de Carbono Social

Comunidades Quilombolas do Amapá se unem para discutir...

No último dia 25 de maio, as comunidades quilombolas de Curiaú, Casa Grande, Pescada e Fugido, no Amapá, se reuniram para discutir a implantação...

Novo Acordo de Cooperação Técnica promete impulsionar a sustentabilidade e a agricultura familiar no país

Novo Acordo de Cooperação Técnica promete impulsionar a...

Um termo de cooperação técnica assinado no mês de maio entre o Instituto Global ESG, a Ecam, a companhia americana ReSeed e o Grupo Arnone,...